Marcado: Campo Grande

Matérias do Correio do Estado para a Temporada do Chapéu

Agradecimentos aos amigos jornalistas Thiago Andrade e Oscar Rocha pela divulgação do nosso trabalho!!!!!!

materia correio dia 26 temporada materia correio sinhozin datada22

Anúncios

Evandro Prado e Yara Dewachter abrem temporadas de exposições no MARCO

dominus tecum

Acontece nesta terça-feira (09/04), a partir das 20 horas, a abertura da Temporada de Exposições 2013 no Museu de Arte Contemporânea – MARCO, em Campo Grande.

O campo-grandense, radicado em São Paulo, Evandro Prado, artista plástico mais conhecido pelas polêmicas envolvendo o cristianismo, volta ao Museu com suas instalações denominadas, “Dominus Tecum”, que do latim, significa, “O Senhor está convosco” e que é composta por trabalhos de eixo remanescente das Vanitas, gênero de natureza morta alegórica e de conteúdo religioso. “É um alerta sobre a enfermidade da vida, o perigo das vaidades sociais e a eminencia da morte”, conta.

Ainda segundo Evandro, mostrar sua arte em sua terra natal é sempre prazeroso. “É encantador estar em Campo Grande trazer à tona toda aquela produção que a gente faz lá fora e que, tem de certa forma, um pezinho que nasceu aqui”, comenta.

Já a exposição da artista plástica Yara Dewachter propõe uma instalação composta de pequenas e médias esculturas que consistem em bonecos de personagens de desenhos infantis que são ‘Afogados’ – mesmo nome da exposição – em parafinas e expostos em prateleiras, semelhante a um laboratório experimental. “O conjunto das peças refletem num momendo de descoberta e perda da inocência e mistura com a noção das injustiças e o real entendimento do mundo”, avalia a artista Yara.

 

Vem aí….Sarobá Mato lá, Mato cá

O Teatro Imaginário Maracangalha orgulhosamente apresenta:

Sarobá – Mato Lá Mato Cá

 

Acontece na próxima sexta (09) e sábado (10) mais uma edição do Sarobá, coletivo organizado pela trupe do Teatro Imaginário Maracangalha a cada dois meses. Desta vez, a edição especial está sendo nomeada como SAROBÁ – MATO LÁ, MATO CÁ. Por ter como objetivo, fazer um resgate de locais históricos da nossa Cidade Morena, esta edição será sediada na antiga Rodoviária, na rua Barão do Rio Branco, Bairro Amambaí e reúne uma programação recheada de novidades e empenhada na valorização da arte nos dois hemisférios regionais, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

Como de praxe, um dia antes do encontro cultural, acontece o famoso Seminário, que para esta edição tem como tema: “Onde os matos se encontram”, que faz um aparato do que foi a arte de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, a partir da década de 60. Os pesquisadores Paulo Carvalho (Coxim/MS) e Eduardo Ferreira (Cuiabá/MT) serão os intermediadores do seminário, que começa a partir das 18h na sede do Maracangalha – Rua Julio Ditmar, n 26 – Bairro São Francisco. A programação do Sarobá pode ser conferida na integra abaixo do texto.

“Vale contextualizar que a rodoviária antiga é um dos ‘fuxicos’ dessa imensa colcha que é a região central de Campo Grande e toda a cidade; o Sarobá tem, entre outras funções, a de ir alinhavando as ‘células-fuxico’ dessa imensa peça chamada cultura nossa”, avalia o sarobense amigo e parceiro do coletivo, professor Edson Silva.

Para o diretor do TIM, o ator Fernando Cruz, a rodoviária é um ponto máster da nossa Capital, e sediar o Sarobá lá, será de extrema importância para o resgate do que foi e do que ela se tornou para todos que por lá passaram e que até hoje vivem do comércio local. “A rodoviária é lugar de chegada e partida, de alegria e tristeza, de risos e choros, de despedida e acolhida, tem muita esperança por lá e agregar essa essência ao Sarobá é de muito valor para a construção em si”, reflete.

SERVIÇO

Sarobá – Mato lá, Mato cá

Sexta-Feira (09/11) – Seminário “Onde os matos se encontram”- sede do TIM – Rua Julio Ditmar, n26 – Bairro São Francisco – a partir das 18h30

Sábado (10/11) – Programação Cultural na antiga Rodoviária a partir das 17h

CONTATO PARA IMPRENSA

Fernando Cruz – diretor TIM – (67) 9250-9336

Programação Sarobá  mato lá, mato cá

17hs                Início-

  Lenilde Ramos e Altair Santos

Especial Dança do Ventre

Maria Mulata

Cortejo Maracangalha e Performance Ana Amélia Marimon (MT)

Calçada (apresentação do pessoal do Skate) e Otávio Egami

Igrejinha

Bossa que Samba e Vinil Moraes (Participação especial)

Dançurbana

Lutano

Geraldo Ribeiro – Geraldão

Os viralata (MT)

Brasa Comunicação

Jornalista Carol Alencar

(67) 3211-4914 -9947-6361

www.brasacomunicacao.com.br

Baixista Pit de Souza participa do clipe da dupla Guilherme & Brasil

Nosso amigo e parceiro Pit de Souza, que é de Campo Grande/MS e mora em São Paulo/SP participou, recentemente, da gravação do CD e do clipe da dupla Guilherme & Brasil.  O humorista Marco Luque também está no clipe. Muito bacana. Parabens.

Poesia para o dia!

Lamento de Mateus Zotti.

Resultado do Curso “Campo Grande, meu amor” de Cinema

Documentário ministrado por Marinete Pinheiro e Luiz Henrique Gehlen filme: LAMENTO – Um barquinho de papel navega pelo córrego Bandeiras, revelando poeticamente os limites de convívio entre homem e natureza. Equipe: Eduardo Romero, Emanueli Ribeiro, Gabriely Silva Barreto, e Everson Tavares. Texto e narração por Mateus Zotti.

Vinil Moraes e Mesttre Orlando na Revista ‘A Gente’ de Junho

Imagem

Ambos divulgam o samba pela Capital Sul-matogrossense há anos. Agora juntos, lideram o projeto

Mesa de Samba e Compositores no Birô Brasileiro.

Todas as sextas, a partir das 18h.

Infos em http://birobrasileiro.blogspot.com.br/