Ateliê Ramona Rodrigues apresenta novo elenco do espetáculo Palhashow neste domingo (25), no Arena Bosque

flyer palhashow

No próximo domingo, 25 de novembro, às 20 horas, o Ateliê Ramona Rodrigues irá apresentar o mais novo elenco do Grupo Infantil de Teatro – Brincarte no espetáculo Palhashow.

O evento será realizado no Arena Bosque, no Shopping Bosque dos Ipês. A entrada é 1 brinquedo novo a partir de R$ 15,00.

O Grupo Infantil de Teatro Brincarte foi criado em 2009 para dar continuidade ao desenvolvimento dos atores mirins que participam das oficinas de teatro para crianças.
Através do espetáculo Palhashow, eles exercitam suas habilidades criativas colocando em prática tudo que vivenciaram durante o processo da oficina, criando e construindo seu personagem.

Sinopse
O espetáculo Palhashow traz um repertorio de reprises do circo tradicional, onde cada criança desenvolve o estudo da arte do palhaço através da interpretação e encenação no picadeiro da alegria da brincadeira e espontaneidade.
No elenco 10 crianças entre 5 e 13 anos são acompanhados por uma charanga

Elenco:
– Alice de Almeida Souza Santos da Costa
– Bárbara Taques
– Caetano Taques
– Gabriela de Oliveira Murta
– Helena Vieira Índio do Brasil
– Isabela Maria Pimentel
– Sofia Rodrigues Conceição Dixon
– Txai Scardini Sampaio Morgan
– Vicente Ribeiro Santos
– Vitória Ribeiro Santos

Serviço

O que: Espetáculo Palhashow com Novo Elenvo

Quando: Domingo, 25 de novembro de 2017

Onde: Arena Bosque (Avenida Cônsul Assaf Trad, 4.796 – Shopping Bosque dos Ipês)

Horário: 20h

Mais informações pelo telefone (67) 9 9903-3550.

 

brincarte

brincarte 3

Anúncios

Sarobá Boca Quente vem aí… 18 de novembro, na Antiga Rodoviária

flyer oficial_sarobá

TEATRO IMAGINÁRIO MARACANGALHA APRESENTA

SAROBÁ É BOCA QUENTE

18 de Novembro

15 horas

Antiga Rodoviária

SAROBÁ É BOCA QUENTE já dizia o poeta Lobivar Matos (1917-1945) ao retratar o Sarobá – bairro de negros em Corumbá. Aquela realidade não mudou muito, vivemos em tempos de exceção, censura e repressão mas, infelizmente, a Arte fala mais alto assim como o poeta.

E com nossas bocas bem abertas e quentes, cantamos, denunciamos, gozamos e lutamos incessantemente!!!

Dessa vez vai ser na Antiga Rodoviária, retrato do abandono e da ausência do Estado, porém, lugar também habitado por moradores da cidade. Acreditamos que o direito a cidade é viável e estamos aí para isso mesmo, transformar, somar, construir derrubando paredes e muros erguendo outro mundo possível.

Nessa empreitada contamos com a participação dos Artes Educadores do MS, do Brasil e do Mundo que estarão em Campo Grande para a XXVII CONFAEB, V Congresso Internacional de Arte educadores, II Seminário Estadual de Cultura e Educação de Mato Grosso do Sul.

A programação de mamando a caducando do Sarobá Boca Quente e do Seminário Arena Aberta está sendo construída… Acompanhe, divulgue, compartilhe…

Nossa divulgação maior é boca a boca > Boca Quente.

EVOÈ!

Apoio > FAEB (Federação de Arte Educadores do Brasil), ASMAE (Associação Sul-mato-grossense de Arte Educadores,FCMS (Fundação de Cultura do MS), SECTUR (Secretaria Municipal de Turismo e Cultura), Projeto Florescer, Centro Comercial Condomínio Terminal do Oeste e muitos AMIGOS!

Realização > Teatro Imaginário Maracangalha

67 92509336

67 30435751

67 3044107

Programação Sarobá Boca Quente

Música >

Elinho do Bandaneom

CanaRoots

Vídeo Sonic

Falange da Rima

Arduará

Performance /Intervenção>

Muros – Artes Cênicas UEMS

Carnicerias do Futuro – Poesia Douglas Guedes -Oficina Teatro a Céu Aberto

Corrida das Draggs

Cortejo Teatro Imaginário Maracangalha

Cinema >

Transcine & Tamo na Rodo

Fotografia>

Varal de Resistência – Diogo Gonçalves

DJ e Apresentação >

Performer Maíra Espíndola

Teatro de Rua >

A coragem que preserva os dentes- Grupo ClanDesTinos –Dourados MS

Cultura Popular & Dança >

Grupo de Capoeira Camuanga de Angola

Roda de Coco – Eleni Souza -SP

Literatura>

Poesia & Lambe Lambe Portunhol Selvagem- Douglas Diégues

Cultura da Infância >

Leitores ao Vento

Oficina para crianças com Neska Brasil

SEMINÁRIO ARENA ABERTA – ARTE EM DESLIMITE

O “Seminário Arena Aberta -“Arte em Deslimite” é uma proposta de diálogo aberta, com interessados em refletir e abordar os deslimites da invenção, produção e intervenção artística. A ideia de deslimite foi roubada nas invenções da poesia de Manoel de Barros, por favor, não nos delatem, apenas desejamos, desejo, desejante em nos movimentar, feito nômades, para afirmar com corpo, alma e todo o caos possível, a defesa da livre manifestação de pensamento da/pela Arte, em suas mais diversas linguagens.

Os amantes errantes dos festejos da popular e necessária festa Sarobá e suas delícias em cortejos, com Bocas Calientes, perguntam em prece Dionisiaca: “O que pode a arte em suas relações com a rua?” principalmente nos dias de hoje ,tempos de exceção, censura e repressão. Os parceiros do La-firma ZN Clã, na denúncia dos mil pecados, desrespondeu, se expressou, arte-viva-vida, quem não viu-verá, é só colar, todos são bem-vindos, que a liberdade nos abençoe…

La-Firma ZN Clã – Grupo de Rap criado em Janeiro de 2015, com cinco integrantes, todos da Zona Norte de Campão, trazem através do Rap sua mensagem e sua luta, além da visões de cada MC acerca do dia a dia na região periférica de Campo Grande. Militantes atuantes na área da educação e cultura através de parcerias com escolas, e outros movimentos artísticos e sociais da Cidade. Poesia marginal para combater e também aliviar a tensão de toda essa pressão sistêmica em que vivemos.

Thiago Rodrigues Carvalho – Thiagão, aprendiz, deformado nas academias geográficas e espaciais dos vales de camisões e piraputangas, diziam que tinha mestrado e doutorado caçando coisas menores e vagabundas do desaprender. De arte, não sabia nada, do restante, um pouco menos, para todos os fins, e liberto pela confiança amiga, com admiração e respeito, pediu licença para se juntar, Evoé!

SERVIÇO

SEMINÁRIO ARENA ABERTA

Quando e Onde: 17/11 19:00 na Central de Economia Solidária 2º Piso -Rua Cândido Mariano, nº 1500 – Centro

Mediador – Prof. Doutor Paulo Cesar D. Paes

CanahootsArduará

Clandestinos Dourados Foto Franz Mendes

falange da Rima

Higor Advenssude estreia exposição TOTEM-MS 40 ANOS no sábado

CONVITE OFICIAL DA EXPOSIÇÃO TOTEM MS 40 ANOS HIGOR ADVENSSUDE

Exposição de esculturas em homenagem aos 40 anos de Mato Grosso do Sul chega a Campo Grande dia 14 de outubro de 2017.

Da série MS 40 anos, o artista plástico Higor Advenssude traz para Campo Grande a exposição TOTEM, composta por quatro esculturas com dimensões de 90x270cm, elaboradas em MDF laqueado sobre suporte de aço galvanizado. As obras serão expostas a céu aberto na Praça Ary Coelho a partir de 14 de outubro de 2017.

Um totem pode ser um objeto ou outra coisa qualquer que seja cultuado como um símbolo ou como ancestral de uma coletividade. No presente caso, os totens criados por Higor receberam seus primeiros traços em 2006, quando ele projetou os cenários para o espetáculo AnDanças do Grupo Camalote. Desde o início, os totens criados naquela proposta nos remetem à ancestralidade da formação do povo sul-mato-grossense, um caldeirão cultural que recebe contribuições de muitos povos: as essências da cultura andina que tomam conta do cotidiano na musicalidade, na alimentação, nos usos e costumes; o ser e o fazer ibéricos, transformados pelos migrantes de outros estados brasileiros e sedimentados em terras do oeste; as sonoridades e hábitos das fronteiras enraizados em nós, além das culturas nativas indígenas e de um Brasil caboclo que nos moldou para sermos quem hoje nos mostramos.
Depois de dez anos, ao retomar o projeto, as esculturas foram atualizadas pelo artista e aparecem interligadas pela força expressiva de suas formas geométricas e cores vivas em profusão, revelando iconografias, símbolos e referências históricas nas composições modulares e nas vigorosas expressões impregnadas de memórias, projetadas com uma estética que lembra a arte africana.

20171009_094141-1
Essas impressões colocam em evidência não só a memória histórica da formação do povo sul-mato-grossense, mas também nos fazem pensar sobre as culturas populares formadoras da nossa identidade como: musicalidade tradicional, costumes, alimentação, religiosidade, linguagem e outras coisas mais.
Portanto, são obras que permitem abrir o diálogo entre arte e memória, incentivam a relação entre homem e espaço, mas propiciam, principalmente, a oportunidade de nos reconhecermos na essência cultural daquilo que somos. O Estado de Mato Grosso do Sul ganha, assim, mais uma homenagem para comemorar os seus 40 anos de criação.

Marlei Sigrist
Curadora da exposição

Sobre o Artista:
Higor é paulista, natural de Auriflama. Viveu durante 8 anos em Campo Grande, aonde desenvolveu diversos projetos culturais, sendo o mais relevante, a 1ª. Residência Artística do Mato Grosso do Sul, em 2010.
Formado em Artes Visuais pela UFMS (2007), atuou como Arte-educador no projeto Sapicuá Pantaneiro; como produtor, cenógrafo e dançarino no grupo Camalote e como Técnico de Cultura no SESC Horto entre 2007 e 2010.
Atualmente integra o grupo de representantes do Sistema Estadual de Museus de São Paulo, desenvolve projetos de exposições e curadoria, além de se dedicar a produção de novas esculturas de estética totêmica.

 

5ª Mostra de Teatro Infantil de MS têm inscrições abertas para Oficinas

FACHADA-Fachada

A mostra acontece de 12 a 19 de outubro em Campo Grande

Troca de ingressos podem ser feitas a partir de 26 de setembro

Com o objetivo de promover uma agenda de espetáculos teatrais voltados para a infância, Ramona Rodrigues em parceria com entidades e agentes culturais, realizaram quatro edições da Mostra de Teatro Infantil, o projeto ofereceu oficinas, palestras e promoveu campanhas de arrecadação de brinquedos que foram doados para crianças em situação de vulnerabilidade social, superando a marca de 3.000 doações.

Na 5ª edição com investimento do Fundo de Investimentos Culturais – FIC/MS, Secretaria de Estado de Cultura e Cidadania – SECC e do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, a Mostra recebe artistas e companhias teatrais da capital e interior de MS.

O evento acontece no período de 12 à 19 de outubro de 2017, com oficinas, seminário, diálogos, promovendo o intercâmbio e reflexões, produzindo conhecimentos a partir das conexões entre o Teatro Infantil, Arte-educação e Cultura da Infância, oferecendo aprimoramento a artistas, arte-educadores, professores e demais profissionais que atuam com o público infantil, além de apresentar oito espetáculos.

Dentro da 5ª Mostra acontecerá duas oficinas, de 12 a 15 de outubro (uma no Centro Cultural e outra na Biblioteca Isaias Paim),são elas: “Oficina de Interpretação Teatral” com o diretor Breno Moroni (RJ) e “Oficina de Cadernos de Registros: narrativas de viagens, memórias de viajantes” com Clarissa Suzuki (SP). As inscrições para participar das oficinas estão abertas e devem ser feitas através do blog do Ateliê Ramona Rodrigues.

Com o intuito de inovar, esta iniciativa se desloca este ano para quatro comunidades periféricas na cidade de Campo Grande/MS, levando a produção do teatro infantil, atividades lúdicas como as brincadeiras tradicionais e cantigas de roda. Serão ainda distribuídos os brinquedos e livros arrecadados.

Os ingressos para participar dos espetáculos podem ser trocados por brinquedos ou livros novos, nos postos de troca autorizados que são: Ateliê Ramona Rodrigues (Rua 14 de Julho, nº 1.431 – casa 3 – Centro) das 14h às 18h e Livraria Leparole (Rua Euclides da Cunha, nº 1.126 – Jardim dos Estados) no horário comercial.

1º Seminário da Cultura e da Infância

PROGRAMAÇÃO SEMINÁRIO

13/10 – 13h30 às 17h30

– Palestra: Caderno de Professor-artista: espaço acolhedor do exercício reflexivo e da ação criadora – Clarissa Suzuki/SP.
Tema I “Direito de Criança é coisa séria” – Celene Nessimian – Campo Grande/MS.
Tema II “O impacto das novas tecnologias na infância” – Andrea Freire – Campo Grande/MS.

14/10 – 13h30 às 17h30

Tema III “Contextos da arte na educação”. Christiane Araújo – Campo Grande/MS.
Tema IV “Literatura e dramaturgia infanto juvenil” – Melly Sena – Campo Grande/MS.

Local: Memorial da Cultura Apolônio de Carvalho (Fernando Corrêa da Costa Centro, Campo Grande)

OFICINAS

1 – Oficina de Interpretação Teatral

Breno Moroni/RJ

12 a 15 de outubro das 08h às 12h

Local: Centro Cultural José Octávio Guizzo Rua 26 de agosto, 453 – Centro – Campo Grande-MS.

2- Oficina de Cadernos de Registros: narrativas de viagens, memórias de viajantes

Clarissa Suzuki/SP

12 a 15 de outubro das 08h às 12h

Local: Biblioteca Isaías Paim – Memorial da Cultura Apolônio de Carvalho

PROGRAMAÇÃO ESPETÁCULOS

12/10 – 19h – Cadê?!

Aplausos Cia Teatral

Local: Arena Bosque – Espaço Grupo Casa

Av. Cônsul Assaf Trad, 4796 – (Shopping Bosque dos Ipês)

13/10 – 19h – As aventuras de Bagacinho Quem conta um ponto cria um conto em: A Paixão de Romeu e Julieta

Grupo Casa – Coletivo de Artistas

Local: Teatro Prosa SESC Horto – R. Anhanduí, 200 – Centro

14/10 – 19h – Judith e sua sombra de menino

Júnia Cristina Pereira

Local: Teatro Prosa SESC Horto – R. Anhanduí, 200 – Centro

15/10 – 19h – João e o Pé de Feijão na Terra do Nunca

Circo do Mato

Local: Teatro Prosa SESC Horto – R. Anhanduí, 200 – Centro

16/10 – 14h Dandys Acrobático= Cia Theastai

Local: CRAS Vida Nova – R.Jaci Maria de Azevedo Môro, 162

17/10 – 14h Um poeta na cidade

Emmanuel Marinho

Local: CRAS São Conrado – R. Livinho Godói, 777

18/10 – 14h – Histórias e Canções da Nossa Terra

Jorge de Barros, Jerry Espindola, Guga Borba

Local:CEINF Comunidade Tia Eva – R. Dom Cirilo, S/N

19/10 – 14h – Tragicomédia de Dom Cristovão e Sinhá Rosinha 

Teatro Imaginário Maracangalha

Local: CRAS Rosa Adri – R. Lúcia dos Santos, 295

Contato para imprensa

Ramona Rodrigues – (67) 9 9903-3550

Larissa Lopes – assistente de produção (67) 9 9229-1951

Carol Alencar (assessoria de imprensa) – (67) 9 9999-6361

Acompanhe todas as informações em nossas redes sociais

Facebook – Ateliê Ramona Rodrigues

Instagram – @atelieramonarodrigues

5ª Mostra de Teatro Infantil de Mato Grosso do Sul acontece em outubro em Campo Grande

18813811_187009621823924_1254884425927871713_n

Espetáculo Cadê, Aplausos Cia Teatral, um dos selecionados para a Mostra

A atriz e diretora teatral Ramona Rodrigues realiza mais uma edição da 5ª Mostra de Teatro Infantil de Mato Grosso do Sul. A mostra conta com 8 espetáculos selecionados para compor a programação que será de 12 a 19 de outubro em Campo Grande.

Os selecionados foram: “Cadê?!”, Aplausos Cia Teatral, “Judith e sua Sombra de Menino”, Júnia Cristina Pereira, “A Paixão de Romeu e Julieta”, Grupo Casa – Coletivo de Artistas, “João e o Pé de Feijão na Terra do Nunca”, Circo do Mato, “Histórias e Canções da Nossa Terra”, Jorge Barros, Jerry Espíndola e Guga Borba, “Um Poeta na Cidade”, Emmanuel Marinho, “Dandys Acrobático”, Cia Theastai e a “Tragicomédia de Dom Cristóvão e Sinhá Rosinha”, do Teatro Imaginário Maracangalha.

Os grupos de MS inscritos passaram por um processo de seleção, composto por uma comissão de representantes das artes cênicas de notório saber do Estado de MS, dentre eles, profissionais da FCMS e entidades congêneres. Ao todo foram 16 inscrições de 14 grupos da capital e interior do estado.

Idealizado pelo Ateliê Ramona Rodrigues, com investimento do Fundo de Investimentos Culturais – FIC-MS, Secretaria de Estado de Cultura e Cidadania – SECC e Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, a mostra será realizada no Teatro Sesc Horto, Arena do Bosque (Shopping Bosque dos Ipês) e comunidades periféricas da capital.

A Mostra

Como as outras edições, a mostra levará os espetáculos para o teatro e também, para comunidades. A coordenação da Mostra é assinada pela atriz e diretora Ramona Rodrigues e os produtores: Chris Rosa, Larissa Lopes e Pablo Augusto Morente.

Ao longo das quatro edições, a arte educadora e diretora teatral Ramona Rodrigues, em parceria com agentes e entidade culturais promoveu uma agenda de espetáculos teatrais voltados para a infância. Em todas as edições, o projeto ofereceu oficinas, palestras e promoveu campanha de arrecadação de brinquedos e livros que foram doados à crianças em situação de vulnerabilidade social, superando mais de 3 mil doações.

Para este ano, o projeto trará ainda, a apresentação de outros grupos de teatro infantil do Estado de Mato Grosso do Sul, o que promove reflexões e conhecimento a partir das conexões entre Teatro Infantil, Arte-educação e Cultura da infância.

A programação contará ainda com o “1º Seminário Cultura da Infância”, oficina de arte-educação com Clarissa Suzuki (SP) e Interpretação com Breno Moroni, ambas para artistas, arte educadores e professores. Em 4 comunidades eventos com apresentação de espetáculos, brincadeiras tradicionais e entrega de brinquedos e livros.

Teatro Imaginário Maracangalha comemora 11 anos com muito teatro de rua e Sarobá

Levanta_poeiraMOSTRA

O Teatro Imaginário Maracangalha comemora seus 11 anos de existência e resistência espalhando teatro de rua, performances, intervenções e cortejos pelas ruas, vielas e praças de Campo Grande, MS e do Brasil.

Alia seu discurso com a prática, tendo sua opção estética e política bem definida.

Ao longo destes anos se coloca diretamente nas causas sociais utilizando o teatro e a arte como ferramenta e voz. Somos sim de luta e de festa!

Temos o orgulho de anunciar e convidar os admiradores, as comparsas, os aliados e todos que acreditam e acreditaram em nosso trabalho. “Levanta poeira” coloque um grande sorriso e venha comemorar.

De 21 a 25 de agosto o Teatro Imaginário Maracangalha realiza VI Mostra de Repertório do Grupo dia 25 de agosto Seminário Arena Aberta, dia 26 de agosto cortejo de São Genésio e Sarobá Levanta Poeira.

VI Mostra de repertorio

Dia 21/08 Ferro em Brasa – Praça Ary Coelho

Horário 11h30

Dia 22/08 Tekoha – Ritual de Vida e Morte do Deus Pequeno – Praça Ary Coelho

Horário 11h30

Dia 23/08 Contos da Cantuária – Praça Ary Coelho

Horário 11h30

Dia 24/08 Assalto – Praça Ary Coelho

Horário 11h30

Dia 25/08 Cabeça de Papelão – Saída as 10 horas da Central do Cidadão. Rua Cândido Mariano. – Praça Ary Coelho

Horário 11h30

Sarobá Levanta Poeira

Dia 25/08 Seminário Arena Aberta com o tema “A Arte Não Pode Ser Calada”.

Centro da Economia Solidaria rua. Cândido Marechal Rondon nº 1500

Dia 26/08 Sarobá Levanta Poeira – Sarau Festa

Conveniência do Greg

Local: Rua São Roque com a Rua Brigadeiro Machado, Bairro Taquarussu.

Horário a partir das 15h00

Esperamos vocês!

 

Espetáculos aprovados para 5ª Mostra de Teatro Infantil de Mato Grosso do Sul

cia aplausos_cadE

O Governo do Estado de Mato Grosso do Sul e a atriz e diretora teatral Ramona Rodrigues divulgam nesta segunda-feira (3), os 8 (oito) espetáculos selecionados para compor a programação da 5ª Mostra de Teatro Infantil de Mato Grosso do Sul.

Os escolhidos foram: “Cadê?!”, Aplausos Cia Teatral, “Judith e sua Sombra de Menino”, Júnia Cristina Pereira, “A Paixão de Romeu e Julieta”, Grupo Casa – Coletivo de Artistas, “João e o Pé de Feijão na Terra do Nunca”, Circo do Mato, “Histórias e Canções da Nossa Terra”, Jorge Barros, Jerry Espíndola e Guga Borba, “Um Poeta na Cidade”, Emmanuel Marinho, “Dandys Acrobático”, Cia Theastai e a “Tragicomédia de Dom Cristóvão e Sinhá Rosinha”, do Teatro Imaginário Maracangalha.

Os grupos de MS inscritos passaram por um processo de seleção, composto por uma comissão de representantes das artes cênicas de notório saber do estado de MS, dentre eles, profissionais da FCMS e entidades congêneres. Ao todo foram 14 inscrições de grupos da capital e interior do estado.

Idealizado pelo Ateliê Ramona Rodrigues, em parceria com o Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, através do Fundo de Investimentos Culturais (FIC_MS), a mostra será realizada de 12 a 19 de outubro de 2017 em Campo Grande/MS no teatro e comunidades periféricas da capital.

A mostra

A Mostra levará os espetáculos para o teatro e também, para comunidades. A coordenação da Mostra é assinada pela atriz e diretora Ramona Rodrigues e os produtores: Chris Rosa, Larissa Lopes e Pablo Augusto Morente.

Ao longo das quatro edições, a arte educadora e diretora teatral Ramona Rodrigues, em parceria com agentes e entidade culturais promoveu uma agenda de espetáculos teatrais voltados para a infância. Em todas as edições, o projeto ofereceu oficinas, palestras e promoveu campanha de arrecadação de brinquedos e livros que foram doados à crianças em situação de vulnerabilidade social, superando mais de 3 mil doações.

Para este ano, o projeto trará ainda, a apresentação de outros grupos de teatro infantil do Estado de Mato Grosso do Sul, o que promove reflexões e conhecimento a partir das conexões entre Teatro Infantil, Arte-educação e Cultura da infância.

Além dos espetáculos, a programação contará ainda com o Seminário Aberto “O Direito da Criança, a Cidade e a Cultura”, uma oficina de arte-educação e outra de Interpretação no Teatro Infantil para artistas e arte educadores e 4 eventos com as brincadeiras tradicionais e entrega de brinquedos e livros em comunidades.

 

Imaginário Maracangalha apresenta agenda de Junho com espetáculo ‘Conto da Cantuária’

maraca 3_ foto diogo gonçalves

Teatro Imaginário Maracangalha apresenta:

Projeto Passe Livre

Temporadas de Teatro de Rua

 O Teatro Imaginário Maracangalha em sua trajetória construiu um expressivo repertório de espetáculos, intervenções e performances fazendo da rua seu espaço de pesquisa estética, atuação política e manutenção através do chapéu e contribuições espontâneas.

No mês de junho de 2017 o grupo dá início a mais uma ação autônoma que é o Projeto Passe Livre, acreditando na arte como direito a cidade circulará ao longo desse ano pelos bares, praças e feiras livres da cidade com temporadas de Teatro de Rua do seu repertório composto de quatro (04) espetáculos: ‘Conto da Cantuária’ – ‘Tekoha – Ritual de Vida e Morte do Deus Pequeno’ – ‘Areôtorare’ e ‘Tragicomédia de Dom Cristóvão e Sinhá Rosinha’.

Sobre o espetáculo de rua CONTO DA CANTUÁRIA:

O Projeto Passe Livre inicia com a temporada do espetáculo de rua Conto da Cantuária que estreou em 2007, sendo a primeira montagem de grande circulação do grupo que esse ano completa 11 anos.

O “Conto da Cantuária” em um longo processo de pesquisa tornou-se elemento de pesquisa do grupo conquistando público, prêmios, vários anos de circulação e uma pesquisa científica.

A peça teatral “Conto da Cantuária” é uma adaptação da obra Contos de Canterbury escrita pelo autor inglês Geoffrey Chaucer no período de 1384 – 1400, em plena inquisição na idade média.

O texto crítico e humorado é constituído de 29 contos e o grupo optou pela montagem do “Conto do vendedor de indulgências” que retrata de forma farsesca e ácida o comércio das religiões e as corrupções em nome de Deus, do dinheiro e da ambição, traçando um paralelo com os dias atuais.

Na montagem atual o elenco é composto pelos atuadores Renderson Valentim, Fran Corona, Moreno Mourão e Fernando Cruz que atua e assina a direção da peça.

No final da circulação de junho a peça Conto da Cantuária participa da “Mostra Artística da Rede Brasileira de Teatro de Rua” em Presidente Prudente/SP que apresentará importantes produções do Teatro de Rua Brasileiro dentro da programação do XX Encontro da Rede brasileira de Teatro de Rua.

Ao circular pela cidade em 2017 com o Projeto Passe Livre, o Teatro Imaginário Maracangalha mantém seu processo de pesquisa continuado e afirma a identidade do grupo que opta pelo teatro de rua debatendo temas, ideias, formas e meios estéticos que dialoguem com a cidade, a realidade dos trabalhadores, transeuntes das ruas dos centros e periferias.

maraca2_foto diogo

FICHA TÉCNICA

Sinopse : Quatro peregrinos , reúnem-se por acaso em uma taverna. Para que a viagem transcorra mais agradavelmente, o taverneiro sugere que cada um conte uma história, prometendo um belo jantar ao melhor narrador.

Direção e adaptação: Fernando Cruz

Atuadores: Fran Corona, Moreno Mourão, Renderson Valentim, Fernando Cruz

Figurinos e Cenário : Teatro Imaginário Maracangalha

Contra Regra : Ana Capilé

Fotografia : Diogo Gonçalves – Ateliê Passarinho

Arte Visual : Maíra Espíndola

Programação:

10/06 – 11h – Praça Ari Coelho

11/06 – 13h – Feira Praça Bolívia Tikai

14/06 – 11h – Praça Ari Coelho

15/06 – 22h – Drama Bar

17/06 – 19h – Feira Livre da Vila Jaci

18/06 – 10h – Feira Livre do Nova Lima

21/06 – 11h – Praça Ari Coelho

22/06 – 11h – Praça Ari coelho

24/06 – 16h – Parque Sóter

25/06 – 18h – Praça do Peixe Feira Tuiuiu

28/06 – 20h – Mostra Artística Nacional da Rede Brasileira de

Teatro de Rua – Local: Galpão da Lua – Presidente Prudente SP

 Contatos: Fernando Cruz  > 67 992509336 – 67 30435751

teatroimaginariomaracangalha@gmail.com

Imprensa: Carol Alencar (67) 99999-6361

Fotos: Diogo Gonçalves

Artista Evandro Prado realiza exposição individual ‘Sem Berço’ em São Paulo

NEOARTE - Soluções Fotográficas para o Mercado de Arte / www.neoarte.net

Sem Berço / EVANDRO PRADO

O artista Evandro Prado inaugura dia 21 de junho, às 19h, na Galeria Jairo Goldenberg, a exposição “Sem berço”. Trata-se da primeira individual do artista sul mato-grossense em São Paulo, que apresentará pinturas a óleo, objetos e uma instalação na fachada da galeria em Higienópolis.

Os trabalhos dessa exposição suscitam reflexões sobre a formação da sociedade brasileira. A discussão conceitual busca expor as contradições de um país continental, rico e belo, mas colonizado, explorado, devastado pela cobiça. Um país de extremos, desigual, formado por paradoxos. Abençoado pela Igreja Católica e dirigido por uma oligarquia pretensiosa que fez riqueza a partir do sangue dos nativos e do trabalho de homens negros escravizados. O artista é provocativo e suas pinturas são inquietas. Proporciona êxtase e mal-estar ao colocar em cheque a história “oficial” e seu culto aos “heróis” da nação.

Na fachada da galeria, um anjo alado com uma auréola azul de neón, segura em suas mãos um machado vermelho, também de neón. Neste jogo de contradições, Prado utiliza da figura do anjo e do machado para anunciar a conquista do “novo mundo” e a devastação que se seguirá. É o arauto que proclama o descobrimento do Brasil e dá boas vindas a exposição.

NEOARTE - Soluções Fotográficas para o Mercado de Arte / www.neoarte.net

Entre as pinturas, destaca-se o busto de D. Pedro I, semelhante a centenas de outros bustos de chefes políticos que estão espalhados por todas as praças do país, expostos as intempéries e servindo de banheiro para os pombos. Também temos uma pintura do proclamador da República, Marechal Deodoro, o qual está de cabeça para baixo, sendo carregado por corvos. Duque de Caxias, comandante militar durante a Guerra contra o Paraguai, também é colocado em um ambiente frágil, sua figura está no alto de um monumento de madeira com uma estrutura pífia, cenográfica. O conceito do artista é expor a fragilidade que permeia estas figuras do poder. Os trabalhos fazem referência a construção de uma memória nacional que privilegia o culto aos “grandes homens”, líderes militares ou chefes políticos.

Prado não deixou de lançar sua crítica a atuação da Igreja Católica, que durante o período colonial apoiou e colaborou com a escravidão dos povos negros. A tela com os anjos barrocos carregando crânios deixa bem clara esta relação. A pintura que apresenta a imagem de uma santa coberta por um saco de lixo preto e outra que traz a imagem Jesus “sem cabeça”, buscam evidenciar que a Igreja fingia não enxergar a cruel realidade que ela legitimava.

NEOARTE - Soluções Fotográficas para o Mercado de Arte / www.neoarte.net

 

Sobre o artista:

Com 31 anos o artista coleciona exposições, prêmios e polêmicas. Em 2006, durante a exposição “Habemus Cocam”, foi processado cível e criminalmente pela Igreja Católica, quando contrapôs ícones religiosos com a Coca-Cola. Participou de importantes salões de arte, como o Paranaense, do Centro-Oeste, de Goiás e de cidades do interior de São Paulo. Foi selecionado no programa “Rumos Itaú Cultural” e na exposição “Abre Alas” da Gentil Carioca. Atualmente vive e trabalha em São Paulo atuando também com o Grupo Aluga-se desde 2010.

Serviço:

Abertura: 21 de junho, as 19h

Exposição: de 22 de junho a 30 de julho

Endereço: Rua Tinhorão, 69 – Higienópolis

Horários: De segunda a sexta das 10 as 18h e sábados das 11 as 14h

Contato:

Evandro Prado: 11 98055 5984; evandro_prado@terra.com.br

http://www.evandroprado.com.brNEOARTE - Soluções Fotográficas para o Mercado de Arte / www.neoarte.net