Marcado: Fernando Cruz

Matérias do Correio do Estado para a Temporada do Chapéu

Agradecimentos aos amigos jornalistas Thiago Andrade e Oscar Rocha pela divulgação do nosso trabalho!!!!!!

materia correio dia 26 temporada materia correio sinhozin datada22

Anúncios

Sarobá Águas de Março vem ai!!!!

599594_433991716681897_984943673_n

Sarobá – Águas de Março acontece nesta sexta e sábado

 Seminário Arena Aberta traz Emmanuel Marinho e Hamilton Perez Corrêa para debaterem sobre a “Poética na Rua”

Dando continuidade a mais uma edição do Sarobá, o grupo Teatro Imaginário Maracangalha preparou uma programação recheada para a edição desta sexta (22) e sábado (23), o Sarobá – Águas de Março. O evento que sempre acontece em dois dias, o primeiro às sextas-feiras com o Seminário Arena Aberta e o segundo dia, aos sábados com o sarau festivo, que reúne música, performances, dança, artes visuais, varal de poesia e cortejo.

Com o objetivo de fazer o resgate a locais históricos da nossa Cidade Morena, desta vez, o Sarobá – Águas de Março penetra a Praça dos Imigrantes, onde aproveita o espaço, que é amplo, para compor o cenário, que é, totalmente artístico e completo em artes e artesanato para abrilhantar a festa.

Já o Seminário Arena Aberta, traz o tema “Poéticas na Rua” para debates. Os convidados especiais serão o poeta sul-mato-grossense Emmanuel Marinho e o pesquisador da Casa da Ciência Hamilton Perez Corrêa. Como de praxe, o seminário começa às 19 horas na sede oficial do Teatro Imaginário Maracangalha, na Rua Julio Dittmar, 26A, no São Francisco e o sarau festivo começa às 16 horas do sábado.

Para Fernando Cruz, diretor do TIM, a edição do Sarobá 8 – Águas de Março,  é de extrema importância para a valorização de um ponto histórico da nossa cidade. “Sem dúvida, estar ali, junto às artesãs e rememorando o local onde nossos antepassados passaram, com carros de bois, com hospedaria e trazendo a tona essa diversidade, justamente por ser em uma das primeiras ruas de Campo Grande tem tudo a ver com a nossa proposta”, avalia o diretor.

Ao retratar ao tema desta oitava edição, Sarobá – Águas de Março, logo vem a cabeça a musica do Tom [Jobim] –“São as águas de março fechando o verão, é a promessa de vida pro teu coração”….O diretor explica: “As aguas que vem para lavar e dar as bênçãos pós carnaval para o começo de felicidade sempre, viva a arte”, analisa.

 

SERVIÇO: Sarobá – Águas de Março, dias 22 e 23 de março, sexta às 19 horas na sede do Teatro Imaginário Maracangalha – Rua Julio Dittmar, 26 A – São Francisco e sábado a partir das 16 horas na Praça dos Imigrantes – Rua Rui Barbosa com a Rua Joaquim Murtinho.

programaçao

PROGRAMAÇÃO ÁGUAS DE MARÇO

Dia 22 (sexta) – 19h

Seminário Arena Aberta – Tema: Poética na Rua

Convidados: Poeta Emmanuel Marinho e Hamilton Perez Corrêa (Casa da Ciência)

Local: Sede Maracangalha (Rua Julio Dittmar, 26 A – São Francisco)

Dia 23 (sábado) – 16h

Local: Praça dos Imigrantes – Rua 26 de Agosto esquina com a Rua Rui Barbosa – Centro

INFANTIL

Caravana Tecnobrincante – Projeto Memórias do Futuro, do Espaço Imaginário.

Escambinho

ARTES VISUAIS

Instalação Estúdio Vespa

Intervenção  O Liquido da Eterna Juventude, de Galvão Preto.

Esculturas de Marcos Mourão

PALCO – ARTES CÊNICAS E MÚSICA

Ilê Camaleão

Francisco Meirelles

Cortejo Teatro Imaginário Maracangalha

Baldinir Bezerra da Silva

Maria Claudia & Marcos Mendes

Funk-se

Sarravulho

Whisky de Segunda

LITERATURA

VARAL  DE POESIA  LOBIVAR:  Emannuel Marinho

FEIRA DE ARTESANATO

BOLICHO LOBIVAR MATOS

 

Contato para imprensa:

Teatro Imaginário Maracangalha

(67) 3306 – 7682 / 8432 – 6899

Imaginário Maracangalha participa do XII Encontro Nacional de Teatro de Rua em Brasília

Embarque Maracangalha

Imaginário Maracangalha participa do XII Encontro Nacional de Teatro de Rua

Evento começa amanhã e vai até dia 3 em Brasília/DF

É com muita alegria que o Teatro Imaginário Maracangalha anuncia a sua participação no XII Encontro da Rede Brasileira de Teatro de Rua em Taguatinga/DF. A trupe embarcou na manhã desta quarta-feira para representar Mato Grosso do Sul na vertente arte de rua. O encontro acontece de 28 de fevereiro a 3 de março e renderá, além de mesas redondas, palestras, discussões, apresentações culturais, uma reunião com a Ministra da Cultura, Marta Suplicy.

Os atores Camilah Brito, Kassia Rosa, Alê Moura, Moreno Mourão, Renderson Valentin, Pietro Falcão, Lidiane Lima e Fran Corona acompanharam o diretor do grupo, Fernando Cruz na jornada. “Estamos contentes em poder representar o estado e fortalecer o cenário da arte de rua afora, além de dialogar a estética, dramaturgia e políticas públicas para o teatro de rua, que tem se sobressaído cada vez mais”, pontua Cruz. O diretor musical Jonas Feliz acompanha o Maracangalha nessa missão.

Vale lembrar que o TIM foi convidado a participar da XI Mostra Latino Americana de Teatro de Rua, que acontecerá em abril deste ano na cidade de São Paulo.

O GRUPO

Na ativa desde 2006, o grupo Teatro Imaginário Maracangalha investe na arte de rua em si. É formado por atores com experiência em diferentes linguagens e tem como carro chefe, os cortejos rua afora.

Por opção estética trabalha a pesquisa em teatro de rua e espaços não convencionais, para encenação numa perspectiva crítica e provocadora, com isso amplia o conceito de acesso as artes cênicas, circulando por ambientes que independem da caixa cênica tradicional para compartilhar conteúdo e arte.

RBTR

Criada em março de 2007, em Salvador/BA, a Rede Brasileira de Teatro de Rua – RBTR é um espaço de articulação física e virtual de organização horizontal, sem hierarquia, democrático e inclusivo. Tem na rede virtual sua maior fonte de articulação e conta também com os encontros presenciais onde são retiradas as suas deliberações e metas de ação.

Encontre o Maraca nas Redes Sociais

Blog > http://imaginariomaracangalha.blogspot.com.br/p/sobre-o-grupo.html

Facebook > https://www.facebook.com/imaginario.maracangalha

ENCONTRO TEATRO DE RUA

Imaginário Maracangalha apresenta “Cortejo de Carnaval Evoé Baco” nesta quinta

Imagem

Teatro Imaginário Maracangalha apresenta:

“Cortejo de Carnaval Evoé Baco”

 No carnaval brasileiro temos no Rei Momo a representação de Baco e Dionísio (Grécia e Roma), neste o Rei Momo é coroado e festa acontece por cinco dias. Em Campo Grande não será diferente, este ano, a grande marca do carnaval local é que os blocos fazem a diferença…

Aqui também tem carnaval popular de rua Evoé Baco.

Na próxima quinta-feira (7),  a trupe do Teatro Imaginário Maracangalha  realiza um cortejo em homenagem a Baco, que é o Deus do Teatro e do Carnaval. Os trabalhos começam a partir das 17h e a concentração inicial acontece na Casa Vai ou Racha, na praça (entre a Igreja São Francisco e o Comper da 13).

Segundo o diretor do TIM, Fernando Cruz, o cortejo a festa popular surge para saudar Baco e também, abrir os caminhos do teatro para 2013. “Vamos nos reunir fantasiados e incentivamos todos que queiram participar com a gente, para vestirem suas fantasias e prestar essa homenagem a quem sempre nos protege, que é o Baco”, indaga Cruz.

Independente da época, o Maracangalha consagra e investe na linguagem do teatro de rua. Ainda de acordo com o diretor, os cortejos para Dionísio e Baco são realizados milenarmente e é do cortejo carnavalisado que nasce o teatro na Grécia antiga. “Desta forma mantemos a ancestralidade do teatro e do carnaval, que são festividades urbanas, feita a céu aberto, na rua e popular viva ; essas festividades populares, onde o povo se misturava independente de condição social e mesclando música, dança e diversão, dava uma certa catarse liberando as energias e entrando em estado de alegria e êxtase”, explica Cruz.

Logo após o cortejo o público poderá conferir as apresentações culturais com muita música, diversão para abrir o Carnaval 2013. “Temos uma charanga que toca e canta muitas marchinhas e que investe em composição de músicas para cortejos, garantindo toda animação e perpetuação do Carnaval de bloco de rua, que é espontâneo, livre e popular”, afirma o diretor  da trupe que representa o teatro de rua de Campo Grande.

Das apresentações culturais estão na programação o grupo Sampri, Chicão Castro, Begét de Lucena, Baldinir Bezerra da Silva e Carlinhos, Wherter Fioravanti e Gustavo Egami, Pepa Quadrini além da participação das Escolas Carnavalescas e Blocos de Rua como “Cordão da Valu”, “Bloco Sujo Rockers”, “Bloco Tereré”, “Quero Quero” e “Vai ou Racha”.

Contato para imprensa:

Grupo Imaginário Maracangalha: (67) 3356-7682

 

Brasa Comunicação

Assessoria de Imprensa

Carol Alencar

(67) 9947-6361

(67) 3211-4914

www.brasacomunicacao.com.br

Sarobá – Sambas, Bambas e Cateretês acontece nesta sexta e sábado

saroba_flyer

Primeira edição do ano traz o Carnaval em pauta e faz o resgate do Bar da Carmem no bairro São Francisco

 Outra novidade está no lançamento do Obá Folhetim do Sarobá, um informativo sobre o que é, de fato, o Sarobá

Dando sequencia a mais uma edição do Sarobá, realizado pela trupe teatral Imaginário Maracangalha, 2013 começa a todo vapor. Com o tema “Sambas, Bambas e Cateretês” – um poema de Lobivar Matos –  o evento acontece na próxima sexta-feira (11) e sábado (12) e promete reunir diversão e arte no bar da Dona Carmem, ali no bairro São Francisco.

Com o objetivo de fazer o resgate a locais históricos da nossa Cidade Morena, o sétimo Sarobá, volta ao São Francisco para enaltecer e dar valor a história da Dona Carmem. Ela é uma das primeiras moradoras do bairro e resolveu criar o bar, porque valoriza a história das pessoas e quis construir a sua própria história atendendo e reunindo gente. “Eu sou feliz assim e nada me chateia; caso alguma coisa me incomode, eu canto, para espantar o baixo-astral”, revela a senhorinha de 76 anos. Local definido, outro papel do Sarobá é oferecer uma programação recheada com muita arte, cultura, dança, música, performance e expressões para os frequentadores assíduos (veja programação abaixo).

Como de praxe, um dia antes da festa, o Teatro Imaginário Maracangalha, abre as portas de sua sede para o Seminário Arena Aberta, que tem como tema para esta edição “Bloco na Rua”. Os convidados especiais que falarão sobre o Carnaval de rua, tradicional, cordões, bandas, corsos serão: Duddu Whalfrido (presidente da ABCANC (Associação dos blocos, bandas, cordões e corsos carnavalescos e cultural de Campo Grande) e Fernando Cruz  (diretor teatral e de cortejo de rua). O seminário começa a partir das 18h e logo após, acontecerá o lançamento do Obá Folhetim do Sarobá, um informativo que destacará o que são, de fato, os encontros do Sarobá.

Para Fernando Cruz, diretor do TIM, a edição do Sarobá 7,  é de extrema importância para o resgate do bar da dona Carmem. “O bar dela é um espaço de sobrevivência cultural, um bar com mais de 40 anos que tem, independente de público, um grupo de samba, que se junta aos sábados para tocar a sua música, e vive feliz resistindo a cultura popular campo-grandense, é no mínimo, contagiante”, indaga Fernando Cruz que acredita que a essência real do evento é transmitir uma união e comemorar. “Este Sarobá tem uma coisa muito especial, porque cai no dia do aniversário de Lobivar Matos e, também, antecede o Carnaval, que é uma data que rememora tudo que engloba esse universo…e reunir para celebrar esta data, pautando o carnaval de rua, bloco de rua, pessoas que se juntam, contagiam e saem comemorando é o resumo do que é o Sarob’em si”, avalia.

PROGRAMAÇÃO

Dia 11/01/2013 – 19h

Seminário Arena Aberta – Tema: Bloco na Rua
Convidados: Duddu Whalfrido, Presidente da ABCANC (Associação de Blocos, Bandas, Cordões e Corsos Carnavalescos) e Fernando Oliveira Cruz, ator e diretor (Teatro Imaginário Maracangalha)

Lançamento do OBÁ Folhetim do Sarobá

Local:
Sede do Teatro Imaginário Maracangalha
Rua Jullio Dittmar, 26A – São Francisco

Dia: 12/02/2013 – 17h
Festa Sarau

Local: Bar da Carmem (Rua Rui Barbosa, 4448 – São Francisco)

Música:
Pinto de Ouro, Julio Borba, Chicão Castro, Lenilde Ramos, Maria Mulata, Agemaduomi, Tambores Vento Bom, Beget de Lucena e Chico Santo.

Artes Visuais:
Instalação fotográfica – Varal de Fotos “A La Luz de La Sensualidad” de Carola Bernoh
Instalação Mandalas de Luz de Carol Alencar
Instalação Estúdio Vespa

Artes Cênicas: Teatro Imaginário Maracangalha e Pepa Quadrini

Varal de Poesias: Edson Contar