Vem aí….Sarobá Mato lá, Mato cá

O Teatro Imaginário Maracangalha orgulhosamente apresenta:

Sarobá – Mato Lá Mato Cá

 

Acontece na próxima sexta (09) e sábado (10) mais uma edição do Sarobá, coletivo organizado pela trupe do Teatro Imaginário Maracangalha a cada dois meses. Desta vez, a edição especial está sendo nomeada como SAROBÁ – MATO LÁ, MATO CÁ. Por ter como objetivo, fazer um resgate de locais históricos da nossa Cidade Morena, esta edição será sediada na antiga Rodoviária, na rua Barão do Rio Branco, Bairro Amambaí e reúne uma programação recheada de novidades e empenhada na valorização da arte nos dois hemisférios regionais, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

Como de praxe, um dia antes do encontro cultural, acontece o famoso Seminário, que para esta edição tem como tema: “Onde os matos se encontram”, que faz um aparato do que foi a arte de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, a partir da década de 60. Os pesquisadores Paulo Carvalho (Coxim/MS) e Eduardo Ferreira (Cuiabá/MT) serão os intermediadores do seminário, que começa a partir das 18h na sede do Maracangalha – Rua Julio Ditmar, n 26 – Bairro São Francisco. A programação do Sarobá pode ser conferida na integra abaixo do texto.

“Vale contextualizar que a rodoviária antiga é um dos ‘fuxicos’ dessa imensa colcha que é a região central de Campo Grande e toda a cidade; o Sarobá tem, entre outras funções, a de ir alinhavando as ‘células-fuxico’ dessa imensa peça chamada cultura nossa”, avalia o sarobense amigo e parceiro do coletivo, professor Edson Silva.

Para o diretor do TIM, o ator Fernando Cruz, a rodoviária é um ponto máster da nossa Capital, e sediar o Sarobá lá, será de extrema importância para o resgate do que foi e do que ela se tornou para todos que por lá passaram e que até hoje vivem do comércio local. “A rodoviária é lugar de chegada e partida, de alegria e tristeza, de risos e choros, de despedida e acolhida, tem muita esperança por lá e agregar essa essência ao Sarobá é de muito valor para a construção em si”, reflete.

SERVIÇO

Sarobá – Mato lá, Mato cá

Sexta-Feira (09/11) – Seminário “Onde os matos se encontram”- sede do TIM – Rua Julio Ditmar, n26 – Bairro São Francisco – a partir das 18h30

Sábado (10/11) – Programação Cultural na antiga Rodoviária a partir das 17h

CONTATO PARA IMPRENSA

Fernando Cruz – diretor TIM – (67) 9250-9336

Programação Sarobá  mato lá, mato cá

17hs                Início-

  Lenilde Ramos e Altair Santos

Especial Dança do Ventre

Maria Mulata

Cortejo Maracangalha e Performance Ana Amélia Marimon (MT)

Calçada (apresentação do pessoal do Skate) e Otávio Egami

Igrejinha

Bossa que Samba e Vinil Moraes (Participação especial)

Dançurbana

Lutano

Geraldo Ribeiro – Geraldão

Os viralata (MT)

Brasa Comunicação

Jornalista Carol Alencar

(67) 3211-4914 -9947-6361

www.brasacomunicacao.com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s